Histórico

Há 60 anos, Educar é o nosso forte
Há 60 anos, Educar é o nosso forte

A notícia das terras férteis do Oeste paranaense ressoou como um convite para muitas famílias do Rio Grande do Sul, na década de 50. Várias delas decidiram cruzar o mapa e trazer a mudança. A colonização ocorreu em um ritmo de entusiasmo com a possibilidade de desbravar novas terras e prosperar. Mas havia preocupações latentes: a prática religiosa e a educação dos filhos.

Assim, os novos moradores do distrito toledano de General Rondon logo edificaram igrejas, onde além das celebrações ocorria o ensino da doutrina. O próximo passo era construir escola. Foi assim que, no dia 1º de julho de 1955, foram iniciadas as atividades da Escola Luterana Concórdia, na Capela da Congregação Evangélica Luterana do Brasil, em Marechal Cândido Rondon.

O primeiro professor foi o praticante em Teologia, Theno Reinheimer, que lecionava para 48 alunos do antigo primário (hoje Ensino Fundamental, séries iniciais).

Foi desta forma que iniciou a trajetória do Colégio Luterano Rui Barbosa, o qual em 2017 completa 62 anos de história. Atualmente, a instituição tem mais de 1.300 alunos em todos os níveis de ensino e cerca de 150 colaboradores.

Para chegar a este patamar, foram galgados vários passos, todos eles considerados relevantes nesta caminhada, visando alcançar excelência na qualidade dos serviços educacionais prestados pela instituição.

Um dos momentos especiais desta história foi a inauguração da estrutura da Escola Concórdia, em 1956. Tratava-se de uma construção de madeira, com quatro janelas frontais. Naquele ano, o pastor Christiano Joaquim Steyer assumiu o pastorado da Congregação, tendo participação efetiva também na escola o professor leigo, Arnoldo Hintz.

Em 1959 ocorreu a fundação do Ginásio Evangélico Ruy Barbosa, pelas comunidades Evangélica Luterana Cristo, Evangélica Martin Luther e a Primeira Igreja Batista. No ano seguinte, aconteceu o lançamento da pedra angular do Ginásio. As atividades estavam sob a direção de Ingrun Seyboth e a primeira turma do ginásio - nível de ensino comparado aos anos finais do Ensino Fundamental - se formou em 1965.

O ensino de 5ª a 8ª série, na época, começou a ser sentido com uma necessidade pela comunidade local, além de atrair ainda mais famílias para a cidade, já que era assegurado que os filhos teriam condições de dar continuidade aos estudos.

Na Escola Concórdia, em vista da necessidade, passou-se a oferecer Jardim de Infância em 1965, sob direção da professora Adelaide Strelow.

Já no ano de 1969, a escola foi cedida para a Aivarb, passando a ser “Escola de Aplicação do Instituto Vocacional e Assistencial Rui Barbosa”, e passando a funcionar nas dependências do então Ginásio Rui Barbosa.

Em 1967 as Igrejas Batista e Evangélica Martin Luther retiraram-se da Associação, sendo os direitos destas adquiridos pela Comunidade Evangélica Luterana Cristo da Igreja Evangélica Luterana Cristo, com recursos  advindos da IELB, que assume a manutenção do Ginásio. O Ginásio é dirigido pelo pastor Guilherme Ludke durante este período de transição. No ano posterior foi extinta a Sociedade Ginásio Evangélico Rui Barbosa e fundada a Associação do Instituto Vocacional Rui Barbosa.

Fanfarra e balé

O colégio foi pioneiro local na formação de uma fanfarra, que funcionou na época do ginásio e era exclusivamente masculina. Naquele período, a fanfarra era regida por um maestro graduado no Exército, vindo de Foz do Iguaçu. Os integrantes da fanfarra usavam uma espécie de cartola de lata, confeccionada na funilaria. A fanfarra tornou-se, logo, uma referência da escola na microrregião, pois a comunidade admirava a iniciativa de incentivo ao desenvolvimento dos talentos musicais dos alunos.

Atualmente, o Rui Barbosa conta com a Banda Marcial, formada por 65 integrantes, alunos da 3º ano do Ensino Fundamental ao 1º ano do Ensino Médio, sendo 10 alunas na Comissão de Frente e 55 alunos no Corpo Musical. Os instrumentos usados são: flautas, liras, cornetas, cornetões, trompetes, trombones, surdos, caixas, pratos e bumbos.

O balé também foi um ponto forte da escola desde a primeira década de sua existência. O Rui Barbosa tinha destaque nos desfiles de rua realizados no dia 07 de setembro, pois participava com seu gracioso corpo de balé encantando o público.

Hoje o colégio mantém uma sala específica para as aulas de balé, assim como promove todos os anos o Festival de Balé, com diversas apresentações de estudantes de todas as idades.

Prédio

Um dos eventos marcantes, na história da instituição, foi o lançamento da pedra fundamental para edificação do prédio da hoje denominada Unidade II, ocorrida em 1969. Houve a formação de uma Comissão de Festejos e o local permitiu a ampliação das modalidades de ensino, que visavam o preparo de jovens da região para ingresso no Curso de Teologia do Seminário Concórdia da IELB.

Este espaço foi inaugurado em 25 de julho de 1972 com a presença do então governador Jaime Canet Júnior, sendo que toda a festividade do 12° aniversário de emancipação do município foi realizada nas dependências do Colégio. Um espaço amplo com 14 salas de aula, um laboratório de Ciências, Salão de Atos para 10 pessoas e dependências administrativas, totalmente equipado, foi colocado à disposição da comunidade escolar, neste período dirigida pelo professor Carlos Goebel.

Nos anos de 1969, 1970 e 1971 a AIVARB foi declarada de Utilidade Pública em níveis municipal, estadual e federal. Já em 74 a entidade recebeu o Certificado de entidade de Fins Filantrópicos do Conselho Nacional de Serviço Social.

Já em 1987 a instituição recebeu autorização para implantar o Ensino Pré-Escolar. Mais recentemente, em 2012, houve a ampliação da Educação Infantil com oferta de Berçário, um momento importante para atender a necessidade emergente das famílias.

Falurb

A oferta do Ensino Superior pela instituição foi outro marco relevante nesta história. A Faculdade Luterana Rui Barbosa (Falurb) iniciou as atividades em 2003, abrindo inscrições para o curso de Administração.

Posteriormente, em 2008, ocorreu o início das atividades de Pós-Graduação, Lato sensu, na Falurb. Atualmente, a faculdade oferece a pós-flex, em que o estudante pode se matricular por disciplina.

O curso de graduação em Ciências Contábeis passou a ser oferecido pela Falurb em agosto de 2011. Ambos os cursos são reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

 

 

 

Colégio Rui Barbosa © Copyright 2017 Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Acesso Restrito